No sábado (28), em visita de trabalho a Matões, onde comandou inaugurações ao lado do prefeito Ferdinando Coutinho (DEM) e da deputada Cleide Coutinho (PDT), o governador Flávio Dino sofreu um bombardeio de indagações de jornalistas sobre quem vai indicar para disputar sua sucessão pela aliança governista.


O governador respondeu sem hesitar: só vai tratar de sucessão estadual no ano que vem. Sem precisar um marco temporal, Flávio Dino deixou no ar a impressão de que sua agenda eleitoral deve começarem Janeiro. Ou seja, a peleja entre o senador Weverton Rocha e o vice-governador Carlos Brandão deve ser resolvida entre o Natal e o Ano Novo, de modo que a escolha e seus desdobramentos sejam administrados nas primeiras semanas de 2022. (Coluna Repórter Tempo).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here