Outras vítimas do criminoso incluiriam um ministro, segundo a SSPDS. O aparelho celular utilizado no crime foi apreendido

Um homem suspeito de invadir e clonar o celular do governador do Ceará, Camilo Santana, no último dia 4 de agosto, foi preso em uma ação da Polícia Civil do Ceará (PCCE) no Estado do Maranhão.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o homem teria cometido a mesma ação criminosa contra um ministro e também contra outras autoridades do país. O aparelho celular utilizado no crime foi apreendido.

A ação teve envolvimento da Delegacia de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro (DCCLD) e do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da PCCE, com apoio da Polícia Civil do Maranhão.

A ação teve envolvimento da Delegacia de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro (DCCLD) e do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da PCCE, com apoio da Polícia Civil do Maranhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here