O Instituto Burantan liberou para o Ministério da Saúde, nesta segunda-feira (22), um lote com 1 milhão de doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Sinovac.

Ainda não há informações sobre quantas doses serão enviadas ao Ceará e quando o carregamento será enviado ao Estado.  Os caminhões deixaram a sede do instituto, em São Paulo, em direção ao centro de distribuição do Ministério da Saúde, por volta de 8h20. 

Na última semana, o Butantan entregou outras 7,3 milhões de doses. Desde 17 de janeiro, quando as entregas iniciaram, já foram distribuídos 25,6 milhões de doses da CoronaVac para o Plano Nacional de Imunização (PNI).

No fim de março, as remessas entregues apenas neste mês devem totalizar 22,7 milhões.

A nova recomendação do ministério, anunciada neste domingo (21), é que todas os imunizantes sejam aplicados como primeira dose, sem necessidade de reserva para segunda aplicação. Conforme o acordo firmado com o Governo Federal, o objetivo é entregar 46 milhões até o fim de abril.

Em agosto, o total deve chegar aos 100 milhões contratados pela pasta. O imunizante é produzido localmente a partir do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) importado da China.

Em 3 de março, o Butantan recebeu uma remessa de IFA para produção de 14 milhões de doses. Conforme o Instituto, um novo carregamento com 6 mil litros de IFA, correspondente à produção de 8 milhões de doses, deve chegar a São Paulo até o início de abril.

As doses são envasadas, rotuladas, embaladas e passam por um controle de qualidade, antes de serem distribuídas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here