O Sindicato das empresas de transportes e o sindicato dos rodoviários realizam na tarde desta quinta-feira (11), mais um jogo de cena para culminar com o aumento das passagens no transporte coletivo de São Luís. Os representantes de ambos sindicatos dizem que vão “reunir”, mas a decisão todos já sabemos, os patrões dizem que não tem como ceder o aumento aos trabalhadores, quem em seguida ameaçam deflagrar a paralisação do sistema.

Um esquema que já dura há pelo menos quatro décadas na Capital do Maranhão. Agora veja você, o número de passageiros, com as restrições da pandemia diminuiu, o preço do diesel está nas alturas, o salário de todos os trabalhadores no Brasil está congelado e o sindicatos dos rodoviários forçando a barra em plena crise – é um absurdo sob todos os aspectos.

É de uma total irresponsabilidade, ambos sindicatos se utilizarem de uma chantagem desta para tornar os cidadãos ludovicenses reféns das categorias sobre o pretexto de aumentar o preço das passagens em São Luís. 

O Ministério Público do Trabalho acompanha atentamente as “negociações”, e talvez convoque uma reunião para amanhã, sexta-feira (12). 

A Prefeitura de São Luís, por meios da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes e da Procuradoria Geral do Município, pedindo a ilegalidade da paralisação. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here