Fábio Câmara faz uma análise da atual gestão do Prefeito Eduardo Braide

O prefeito Eduardo Braide completa hoje 46 dias de gestão. Quarta-feira (10), num ato público,  o chefe do executivo municipal anunciou que São Luis disponibilizará 120 leitos específicos para pacientes com COVID-19. O ativo e efetivo gestor das demandas da capital do nosso Estado respondeu, assim, à altura, 1- ao seu compromisso de campanha, 2- à demanda municipal e estadual e 3- ao ensaio neo-oposicionista do bloquinho da Câmara.

Braide honra cada voto que o elegeu e materializa o compromisso de priorizar AS PESSOAS e A VIDA! Compreendendo o grau ampliado de importância que uma prefeitura de capital possui com ludovicenses, em particular,  e também com os demais maranhenses em geral, Braide e seu secretário de saúde projetam  uma logística com óptica humanista e solidária, antecipando-se, até  mesmo, à gestão estadual.

E, por fim, porém não menos importante, Braide carimba o “estandarte” do incipiente bloco de oposição da Câmara Municipal, que, pelo visto, também não fará nenhum carnaval. São 120 leitos específicos para pacientes com COVID-19. Se dividirmos esse número pelos 42 dias de gestão completados hoje, teremos 2.85 LEITOS, quase 3 POR DIA! Ou seja, a exatidão da matemática traduz em números, FATOS! E contra fatos, até se pode FORJAR  “argumentos” sem, contudo,  jamais poderem sobrepô-los à efetiva realidade. O que é fato para mim e para todas e todos os que têm bom senso, é que a administração Eduardo Braide está só começando! Porém, também é fato, só não para os neo-oposicionistas, que esse começo, face à singularidade do cenário pandêmico mundial, é o MELHOR que São Luís já experimentou na última década!

E a nossa torcida segue sempre sendo para que a carruagem siga em frente, restando a quem se declara “Unido por São Luís” RETIFICAR a postura para RATIFICAR o lema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here